Pare de pensar e comece a sentir

72 Shares

Sei uma coisa sobre você sem nem te conhecer. Aposto que você passa UM TEMPÃO dentro da sua cabeça.

Pensando, preocupando-se, estressando-se, enlouquecendo – dê o nome que você quiser. Eu chamo isso de mente preocupada. Mas preocupada com o quê?

Nossos pensamentos são inúteis 99% das vezes. William James tem um modo melhor de dizer isso, aliás:

“Muitas pessoas pensam que estão pensando quando na verdade estão apenas reorganizando seus preconceitos”.

Pare de pensar e comece a sentir

PRAGMATISMO

Sempre fui obcecado por coisas práticas. Filosofia prática, conhecimento prático, livros práticos, trabalho prático, conselhos práticos.

Essa ideia vem do Pragmatismo, uma tradição filosófica que começou no século 19 nos Estados Unidos. Charles Sanders Peirce, que foi professor em Harvard, é considerado o “pai do pragmatismo”.

Mas foi William James, um médico bem capacitado que se tornou filósofo, quem realmente definiu a filosofia pragmática.

Em relação a pensamentos, preocupações e estresse, James nos diz: “A maior arma contra o estresse está em nossa capacidade de escolher um pensamento em vez de outro”.

O Pragmatismo acredita que a mente é uma ferramenta. Sua mente então deveria funcionar a seu favor, não contra. Pessoas que não dominam a própria mente sequer acreditam que seja possível dominá-la.

Dizem: “Não consigo deixar de pensar nessa avalanche de coisas que me vêm”.

QUESTÃO DE ESCOLHA

Well, com muita prática, a gente consegue parar de pensar, sim. É uma habilidade a ser desenvolvida.

Em outras palavras: você é capaz de decidir em que pensar. Ou você pode escolher não pensar.

E essa é uma das coisas mais importantes e mais práticas que se pode aprender. Antes de adquirir essa habilidade, eu gastava horas e horas preso dentro da minha cabeça.

Pare de pensar e comece a sentir

Simplesmente reflita agora sobre o quanto você pensa.

  • “Queria saber o que o meu chefe acha de mim.”
  • “E se eu fizer alguma besteira e perder meu emprego?”
  • “Ela/ele me ama?”
  • “Acho que ninguém se importa comigo.”
  • “Sempre dou um jeito de fracassar.”
  • “Por que minha vida é uma merda?”
  • “Por que tenho uma vida incrível e a vida dos outros é tão ruim?”
  • “E se um dia eu tiver câncer?”
  • “Não estou nem aí para o meu trabalho. Há algo errado comigo?”
  • “Não consigo finalizar nada. O que há de errado comigo?”

EFEITOS COLATERAIS

A lista de pensamentos inúteis não tem fim. Isso é tudo MERDA PURA. Coisa que as pessoas me dizem quando pergunto a elas o que realmente as preocupa.

Quer saber o que esses pensamentos geram? Culpa, raiva, sofrimento, vergonha.

Tenho apenas uma pergunta para te fazer: qual é a utilidade prática desse tipo de pensamento?

Ah, é? Estou esperando. Nenhuma resposta até agora? Pois é.

Pensamentos não têm utilidade. Ou melhor, 99% deles não têm utilidade.

Pare de pensar e comece a sentir
Newsletters e Notificações

RACIOCINANDO

Quais pensamentos seriam úteis, então?

  1. Pensar sobre como você pode resolver os seus problemas. Um problema nada mais é do que uma pergunta não respondida. Ponha o seu cérebro para funcionar e pense em como você pode resolver os seus problemas. Use seu cérebro e raciocine em termos de solução de problemas;
  2. Compreender o conhecimento. Significa o seguinte: tente internalizar o conhecimento e pense sobre como você pode usar o conhecimento internalizado para melhorar sua vida, sua carreira, seu trabalho, seus relacionamentos, etc.

Só isso. Você pode ignorar todos os outros pensamentos.

Você fica pensando constantemente em pensamentos inúteis porque não treinou a sua mente ainda. Você TEM QUE sair de dentro da sua cabeça.

Caso contrário, você ficará louco. Qualquer um ficará, aliás. Sem exceção.

USANDO A CONSCIÊNCIA

Além disso, você provavelmente tem pensado tanto que está perdendo a graça de viver. Você notou o sol esta manhã quando acordou? Ou as gotas de chuva? Percebeu o cheiro do seu café? Sentiu na boca a textura dos cereais?

Se sua resposta é não, você sem dúvida precisa sair de dentro da sua mente. Assim: pare de pensar e comece a sentir.

Reflita agora: “Como ser capaz de interromper o fluxo de pensamentos inúteis?”.

Resposta: usando a consciência. É aí que tudo começa.

Cada vez que você estiver pronto a adormecer, tome consciência disso. Observe o seu cérebro. Saia de você mesmo e observe as merdas malucas nas quais você fica pensando continuamente.

Não julgue. Não pense que você é um idiota, por exemplo, porque, se fizer isso, é um sinal de que está pensando demais.

Não, o que você tem que fazer agora é dizer para si mesmo: “Ah, que ideia boa. Ok, mas vamos voltar à realidade”.

“Se você pode mudar de ideia, você pode mudar sua vida”, dizia William James.

Pare de pensar e comece a sentir

O CÉREBRO

De volta à realidade? Sente os olhos lendo estas letras na tela? Sente o celular/tablet em sua mão? Está considerando maneiras de aplicar essas informações ao seu cotidiano?

Que ótimo. Então, você agora está USANDO a sua mente, em vez de estar sendo usado por ela. Continue assim, continue usando bem o seu cérebro.

Até porque preciso te dizer uma outra coisa: seu cérebro é a ferramenta mais poderosa do mundo.

E obrigado por ter lido este teto. Saiba que escrevi um livro sobre esse assunto: “Think Straight” (“Pense Direito”, 2017). 

Publicado originalmente no site do autor. Reproduzido aqui com autorização. Tradução: Sergio Vilas-Boas.

/// Se você curte escrever mas nem sabe como começar, leia isto. ///

Newsletters e Notificações
72 Shares

Darius Foroux

Darius Foroux é fundador da “Sounding Board”, comunidade para quem gosta de aprender e criar. Escreve sobre produtividade, hábitos, tomada de decisões e construção de riqueza. Autor do livro "Think Straight" (2017). Seus trabalhos foram apresentados em publicações como “Time”, “Fast Company”, “Observer” e outras. Mais de 500 mil pessoas leem seu blog mensalmente.

Write a Comment

Your email address will not be published. Required fields are marked *

conteúdo protegido
72 Shares 507 views
Share via
Copy link
Powered by Social Snap